sábado, 11 de fevereiro de 2017

Beto Carrero World

No mês de novembro do ano passado, aproveitei que tinha uma reunião de trabalho em Balneário Camboriú e levei meu filhote ao Beto Carrero World em Santa Catarina. Eu e meu marido ficamos encantados com tudo!!! Desde a facilidade de acesso, ótima sinalização na estrada, estacionamento ... até a infra estrutura do parque. O espaço baby muito bem equipado!! Os shows muito legais! E mesmo Théo sendo muito pequenininho ainda, conseguimos levá-lo a alguns brinquedos.

A viagem também marcou a primeira vez que o Théo entrou no mar, e foi lá em Florianópolis. Ele já tinha ido à praia no Rio, mas sem entrar na água. 

E, como já estávamos na região, resolvemos ir também a Blumenau, para ver a decoração de natal na Vila Germânica. Tudo muito lindo!!! 
































segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Filme: O vendedor de sonhos



Há anos que eu não ia mais de uma vez ao cinema assistir um mesmo filme. Que eu me lembre, a última vez (talvez a única) foi para assistir Titanic, quando eu estava na pré adolescência. Mas "O vendedor de sonhos" fui duas vezes; uma sozinha, e a outra com o meu marido e minha sogra. Me emocionei igualmente nas duas vezes. E, mais do que isso, indiquei para toda minha família e meus amigos. 

É um filme extremamente tocante. Veio para intensificar toda uma transformação de vida que eu estou vivenciando e experimentando nos últimos meses.  Fala de vida, de arrependimento, de transformação, de renascimento, de propósito, de amor... Não dá nem para explicar. Tem que assistir!!! Sou admiradora do Dr. Augusto Cury, autor do livro cujo o filme foi baseado. Ele tem um trabalho belíssimo, inclusive nas escolas. Um projeto encantador chamado "Escola da Inteligência", que visa ensinar as crianças a desenvolverem a sua inteligência emocional... aprenderem coisas do tipo: se colocarem no lugar do outro, pensar antes de reagir e tantas outras coisas... foi um dos fatores que me fez matricular meu filho na creche-escola em que ele está. Lá eles fazem parte da Escola da Inteligência. 

Acredito, de verdade, que desenvolver esse tipo de habilidade só traz benefícios e faz toda a diferença. Quantas pessoas você conhece que tem um enorme potencial profissional, é excelente no que faz, mas não consegue conviver pacificamente com outras pessoas... ou não conseguem manter um relacionamento amoroso equilibrado... ou explodem por qualquer motivo mínimo... É normal, muito normal nos depararmos com pessoas assim o tempo inteiro. 

Acho que o filme não está mais em cartaz, mas daqui a pouco deve estar no Netflix, no Now... 
Não deixem de assistir!!!

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Exposição The Art of the Brick

Um dia desses nós descemos pra caminhar na praia do Flamengo, acabamos indo até a Marina da Glória. De lá, passamos pelos MAM e fomos ao shopping Bossa Nova, acoplado ao aeroporto Santos Dumont. E aí decidimos ir até ao Museu Histórico Nacional. Não é uma distância muito grande, mas a pé com o carrinho de bebê, é um pouco complicado.  Essa nem era nossa intenção inicial, mas decidimos no caminho....

Lá no museu está em exposição só até o dia 22jan,  The Art of the Brick (A Arte de Criar com Lego), do artista plástico Nathan Sawaya, e eu estava doida pra visitar. Vale muito a pena ir!!! Está imperdível!! 









De terça a domingo das 10h às 17h
Ingressos: R$20,00 (inteira) R$10,00 (meia)
Crianças até 2 anos não pagam
Local: Museu Histórico Nacional – Praça Marechal Âncora, s/nº – Centro

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Filme: Elis

Estava em cartaz a pouco tempo a cinebiografia Elis, do diretor Hugo Prata, e fui conferir. 
O filme aborda o início de carreira da cantora, a mudança para o Rio, sua vida amorosa, nascimento de seus filhos, seu grande sucesso internacional, mas dá pouco enfoque aos problemas com vício da cantora. Assim como a polêmicas da época como a ditadura militar e a rigorosa censura sofrida pelos artistas da música, cinema, teatro...

A crítica sentiu falta do filme aprofundar em alguns aspectos, acharam um tanto superficial, mas para mim, que nasci no ano que ela morreu, agradou bastante. Acredito que a proposta tenha sido essa mesma, colocar luz no talento e na obra musical que é belíssima. Uma voz única, afinada ao extremo e repertório sofisticado. Assim eu "conheço" Elis Regina. 

Destaque para o trabalho da atriz Andreia Horta, que está realmente magnífico. 

E viva o cinema nacional!!

domingo, 8 de janeiro de 2017

Petrópolis: Palácio de Cristal + Bohemia + Quitandinha

Retomando os trabalhos aqui, quero compartilhar sobre mais um dia de turistas em Petrópolis, em uma de nossas últimas visitas à cidade.

Palácio de Cristal:
Inaugurado em 1884 como um presente do Conde D'Eu a Princesa Isabel, a fim de cultivar suas hortaliças, hoje o Palácio é utilizado para exposições e eventos, como a Bauernfest, festa do colono alemão. Em dias sem evento, o palácio vira um local para fotos bonitas!







Cervejaria Bohemia:
É um bar, restaurante e também museu.
No tour, você vai conhecer o local onde foi montada a primeira fábrica de cerveja do Brasil. O passeio tem curiosidades e histórias sobre o universo da cerveja contadas de forma interativa.

























Palácio Quitandinha:

Construído nos anos 40 para ser o maior hotel cassino da América do Sul. Possui 50 mil metros quadrados e seis andares, divididos em 440 apartamentos e 13 grandes salões com até 10 metros de altura... e muita história pra contar.
Passaram por seus salões estrelas do porte de Errol FlynnOrson WellesHenry FondaGreta GarboCarmen MirandaWalt Disney. E políticos como Getúlio Vargas e Evita Perón, quando da Conferência Interamericana de 1946. Nas suas dependências ocorreu a assinatura da declaração de guerra dos países americanos ao Eixo, durante a Segunda Guerra Mundial. Realizou-se também, em 1957, a 16ª Conferência Mundial de Bandeirantes, que contou com representantes de 23 países.
Em 30 de maio de 1946, o presidente Eurico Gaspar Dutra decretou a proibição do jogo no Brasil e o Quitandinha a partir da década de 1960 começou a ter dificuldades para sobreviver somente como hotel. 
Seus apartamentos foram vendidos a partir de 1963, e o famoso hotel tornou-se então um sofisticado e singular condomínio na cidade de Petrópolis. 
Atualmente o Condomínio possui parque privativo, paisagístico, piscinas, boliche, teatros, seu lago no formato do Brasil e restaurantes. Sua administração da área social e histórica fora terceirizada ao Sesc.
O Palácio Quitandinha ainda é conhecido como o maior e mais legítimo palácio do Brasil e, ao lado do Colón (Argentina), como os maiores da América Latina.